quarta-feira, 20 de junho de 2018




Ascensão ao ponto mais elevado que podemos encontrar em território português: A montanha do Pico!
O "nosso Everest" atinge os 2.351 metros de altitude e encontra-se na ilha com o mesmo nome, no arquipélago dos Açores.
Um beijo enorme á Mónica, a melhor de todas as companhias, por mais esta prova de resiliência e superação. És grande!














 

segunda-feira, 9 de abril de 2018




 

domingo, 11 de março de 2018




Percurso efectuado:
Lindoso > Portamaceira > Gavião > Torre Grande > Chã da Torre > Cimbros > Laje das Eiras > Cruz do Touro (1.232m) > Ramisquedo > Fojo Velho do Colado da Porta > Colado da Porta > Alto do Corisco (1.265m) > Rebordo Feio > Rebordo (1.091m) > Travanquinha > Porto Chão > Lindoso.

Distância percorrida: 23 Kms.


Cabana do Gavião.

Ponte sobre a Ribeira do Gavião.


Antigos cortelhos que serviam para abrigo e recolha de animais.

A Torre Pequena, inacessível, vista desde a Grande.
Local que exerce em nós um magnetismo inacreditável!


A ponte de Portamaceira, junto da confluência do Rio Cabril com o Ribeiro dos Madornos

O passado e o presente...

A Chã da Torre

Cabana da Chã da Torre com a Torre Grande ao fundo

Um outro abrigo em ruínas...

Agora era tempo de iniciar a enorme e penosa subida até á Cruz do Touro

Do outro lado do vale, a espectacular corga do Ribeiro da Escada

Absolutamente incrível e mágico o vale do Rio e da Mata do Cabril!

A Corga da Volta

Sobe de forma implacável e ininterrupta desde a Chã da Torre até á Cruz do Touro.
É preciso puxar pelo músculo e muito pulmão!


Toca a subir toda esta cumeada...

Uma "sentinela" atenta á nossa passagem


O, sempre espectacular, vale glaciário do alto Homem!

Cruz do Touro! Ou será "Cruz do Louro"? Fica aqui a interrogação.

Muito gelo na serra, a exigir alguns cuidados.


A caminho do Ramisquedo.



Vista total do Vale do Cabril, desde o seu limite Sul.

Ao longe o curral e cabana de Porto Covo!

Curral e cabana do Ramisquedo





O curral e cabana do Sono!

Eles "andem" por aí!

E de repente... Disfarçado pela vegetação... O fosso do Fojo Velho do Colado da Porta!


Vistas para a Cruz do Touro, ou Louro, e para o Alto das Eiras.

Cabana do Colado da Porta.

Alto do Corisco e o que resta da antiga casa da guarda.


Deixando para trás o Corisco, com o Rebordo Feio cada vez mais próximo.

Rebordo Feio (I)!


Um "zoom" ás duas torres: a Grande e a Pequena!

Apreciando a paisagem...

Rebordo Feio (II)!

Rebordo Feio (III)!

Alto do Rebordo (1.091m).

Os "irmãos Dalton"...

Curral e cabana de Travanquinha.


E por entre o arvoredo... o castelo de Lindoso!







Os famosos espigueiros de Lindoso.

E terminava assim mais jornada...
Um percurso soberbo, em excelente companhia! Grande dia!
Abraços aos camaradas e um obrigado ao Alexandre Matos pela cedência de algumas fotos.